Como Escolher um Sócio para Minha Empresa

microempresas

como escolher um sócioPara construir uma sociedade empresarial tão duradoura quanto um casamento bem sucedido é preciso que seja tratada igual um casamento bem sucedido, onde deve haver sempre um bom diálogo, muita compreensão, respeito e sinceridade, diante disto, vamos responder a pergunta título do artigo, como escolher um sócio para minha empresa?

Quando o empresário escolhe um sócio acontece igual a um casamento, no início ele não tem garantia de será cultivado tais valores e por isso antes de decidir deve avaliar muito bem sua escolha.

Um sócio tem que ser uma pessoa comprometida pela causa da empresa.

Alguém capaz de assumir a responsabilidade pelo gerenciamento e pelos resultados tantos positivos quanto negativos.

É comum pequenas empresas começarem a sociedade com membros da família, isso de deve por vários motivos, mas o principal é a confiança.

Em contrapartida muitas empresas fecham suas portas por causa de erros causados pela inexperiência e egocentrismo dos sócios e gestores (se vê muitos casos onde um quer mandar mais que o outro) e não se pode esquecer, muitas empresas que encerram suas atividades por questões de caráter, ou melhor, a falta dele.

Escolher um sócio que não contribui de maneira dinâmica para empresa ou que apenas faz o investimento visualizando o lucro auferido no final de mês, também pode representar um grande problema, devido à ausência do sócio, a falta de compromisso, a falta apoio e análise em decisões importantes.

Por isso é de crucial importância estudar bem antes de escolher um sócio.

Saber claramente por que motivo sua empresa precisa de um sócio, saber se você deseja alguém atuante diretamente no gerenciamento ou precisa apenas de um investidor, estas são apenas algumas questões que devem ser respondidas antes de escolher um sócio.

Caso se conclua sua necessidade é muito importante avaliar algumas características do perfil dessa pessoa, abaixo segue algumas dicas para ajudar na hora dessa avaliação.

Algumas Dicas de Como escolher um Sócio

 # É Preciso ter qualificações para ser um sócio

 Um sócio sem qualificações não serve para administrar uma empresa.

Qualificação quer dizer, atribuir qualidade a alguma coisa, no caso de um sócio é preciso ter certas qualidades pessoais que agregarão valor na hora de gerenciar uma empresa ou entrar em uma sociedade.

Quando se fala em qualificações, não quer dizer que o sócio tenha que ser formado em determinada área do conhecimento, mas sim, que ele tem que ter domínio a respeito de questões administrativas que irá gerenciar.

Algumas qualidades

  • Confiança

O sócio não tem que obrigatoriamente ser seu melhor amigo, irmão ou aquele primo querido, porém, tem que ser uma pessoa que transmita confiança.

E não estamos falando de autoconfiança, que é a confiança que a pessoa tem sobre si mesma, estamos falando de alguém que preze por sua ética, sua honestidade e transparência de ideais. Tem que ser uma pessoa com passado ilibado.

Já conheci pessoas que pipocavam entre várias sociedades e infelizmente, sempre as sociedades em que entravam após um período fechavam as portas.

Dica: se alguém aparecer interessado em abrir uma sociedade com você, investigue o passado dessa pessoa.

  • Pontos Fracos x Pontos Fortes

Escolha um sócio que possa minimizar seus pontos fracos e maximizar seus pontos fortes, ou seja, se você for muito bom que gestão financeira e não tão bom em marketing, encolher alguém com um bom entendimento em finanças e um ótimo conhecimento em marketing seria o ideal.

  • Liderança e comunicação

O bom líder sabe dialogar com eficiência, tende a ouvir e interpretar muito bem antes de expor suas ideias, mesmo que haja discordância ele sabe conduzir sua comunicação sem a geração de conflitos.

Tente escolher alguém que tenha espírito de liderança e que possuía uma visão sistêmica do negócio que enxergue o longo prazo.

  • Enxergar a longo prazo

Enxergar em longo prazo é uma qualidade de muita importância dentro de uma empresa, pois todo planejamento e criação de estratégias devem estar firmados nisso.

Empresas que elaboram planejamento para o futuro são empresas que caminham muito a frente da concorrência.

O planejamento leva a estratégia que resulta em saber lidar com todos os tipos de resultados e permite a ajustá-lo quando não for eficiente.

Isso tudo indica que o sócio deve ser uma pessoas focada no planejamento em longo prazo e saber solucionar qualquer tipo de questão que possa enfrentar.

  • Alinhamento de objetivos

O objetivo de cada sócio deve ter um alinhamento, seus propósitos em se tratando do futuro da empresa precisam são iguais.

Uma das frequentes brigas entre sócios está no fato de não deixar claro quais são os objetivos de cada um. E conforme o rumo que a empresa vai tomando, cada um cria uma estratégia ou uma solução que nem sempre é aceita pelo outro.

Por isso, antes de escolher o sócio, trace os objetivos de cada um, assim você evita tempo e desgastes no futuro.

  • Conclusão

Quando for definir a necessidade de ter um sócio, se responda.

Por que você precisa de um sócio? O que ele vai te ajudar? Com recurso financeiro? Por que quer expandir? Por que precisa de novas ideias?

Independentemente de sua razão, escolha alguém que tenha alguma relação de perfil com o seu, que se dedique em fazer a empresa crescer, e não esqueça, estabeleça prazos e horários de trabalho, o pró-labore de cada um.

Certamente a escolha de alguém com determinação, comprometimento, persistência, honestidade e ética fará também grande diferença na sua empresa.

 

Pesquisas que levaram a este artigo:

  • para que os sócios
  • Para que serve um socio
  • Quero o telefone de uma pessoa que deseja ser socio de uma empresa

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *