A desmotivação nas empresas

 

 

 

 

É impressionante o número de pessoas que vivem insatisfeitas com seu trabalho ou com sua profissão. Mas porque isso acontece? Por que existe tanta desmotivação nas empresas?

Bom é difícil encontrar uma resposta para essas perguntas. Isso porque para cada caso deve-se analisar as situações.

Imagine a seguinte situação:
Meu primeiro dia de trabalho, é só entusiasmo, os colegas são legais, a empresa é ótima vou dar o meu melhor e crescerei certamente!

Isso acontece diversas vezes, porém o tempo vai passando, algumas pessoas vão reconhecendo seu talento – “nossa esse colega é muito competente, é dinâmico, ágil, tem habilidades de resolver problema”.

Só que a empresa não reconhece estes atributos, ou melhor, dizendo, não satisfaz os anseios deste profissional. O que ocorre depois disso muitos já devem ter certamente experimentado em sua vida profissional A DESMOTIVAÇÃO.

A pessoa deixa de ser produtiva, não se empenha mais para desenvolver um trabalho de qualidade, deixa de ser mais participativa, etc.

As empresas estão atentamente ligadas nos resultados, na concorrência, nos mercados, na política, na tecnologia, nos lucros. Mas será que não estão esquecendo-se de um ativo muito importante para sua sustentabilidade O Colaborador?

A área de recursos humanos tem diversas funções e são diversas mesmo: é folha de pagamento, contratação de pessoal, apuração de impostos, registro ponto, etc. Às vezes é difícil enxergar quando algum colaborador está sendo afetado por desmotivação, mas é importante estar atento a isso.

As empresas precisam desenvolver mais atividades motivacionais. Isso muitas já fazem, mas também devem avaliar o desenvolvimento de seus colaboradores no sentido, de que será que estão felizes com que fazem ou será que só estão cumprindo protocolos sem interesses, apenas para receberem seus salários ao final do mês?

Muitas vezes se perde um ótimo colaborador por questões que se fossem identificadas com precisão poderiam terem sido evitadas.

Mas o colaborador também deve fazer sua parte, ficar remoendo problemas, reclamando pelos cantos não é solução profissional adequada. Deve-se conversar com sua chefia, tentar buscar formas para reduzir sua insatisfação e resolver os problemas, sejam quais forem.
O importante sempre será a transparência seja da parte do empregador, seja da parte do colaborador, o diálogo sempre será a solução para todos os problemas.

 

 

 

Pesquisas que levaram a este artigo:

  • desmotivação em uma empresa

1 Comentário

  1. Pingback: Anônimo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *