Financiamento para Abrir uma Empresa pode ser uma Boa Opção?

Em tempos de crise econômica tal qual que estamos vivenciando em nosso país, faz com que muitas pessoas com o desejo ardente em empreender fique um pouco mais cautelosas, ou até mesmo com medo de investir em um momento em que apostar torna-se uma atitude de grandes riscos. Entretanto, em face da situação ainda é possível enxergar oportunidades que estão aí prontas para serem desenvolvidas por aqueles que estão dispostos a arriscar e decididos alcançar o sucesso, mesmo de valendo de brutais esforços e energias.

No meio de tantos empreendedores e potenciais empreendedores há aqueles que estão paralisados em meio a duvidas e dificuldades econômicas, neste momento, eis, que surge o questionamento sobre financiamento para abrir uma empresa, será que é uma boa estratégia? Será que é uma boa opção? O que devo fazer?

Primeiro preciso deixar claro, que este artigo não tem o objetivo de resolver alguma situação específica, apenas de levar a reflexão sobre qual seria o melhor caminho. Infelizmente, a resposta ou a solução é uma responsabilidade que só você empreendedor é capaz de alcançar.

Mas não fique desanimando, tenha certeza que para tudo há uma solução. Só preciso um pouco de estudo e dedicação para descobrir qual a melhor estratégia para obter êxito no projeto que têm ou se deseja implementar.

A dificuldade de abrir uma empresa no Brasil

Não é fácil abrir uma empresa no Brasil, disso ninguém tem dúvidas, mas quando existe a decisão é preciso levar em conta muitos fatores, tais como: o local onde será a sede da empresa, todos os aparelhos necessários para operacionalização e aqui entra, tudo mesmo, desde o material de escritório, mesas, maquinários e equipamentos para desenvolver o serviços ou industrialização, pessoas, impostos,  enfim é uma infinidade de itens que devem ser bem planejados e logicamente, tudo tem um custo que por vezes, vai além do capital disponível que o empreendedor ou seus sócios possuem  para aplicar.

Nesse momento surge a duvida de como buscar financiamento para viabilizar todo um projeto?

Na prática o que mais acontece é do capital inicial ou investimento inicial sair no próprio bolso do empreendedor ou dos sócios. Porém, estes recursos podem ser insuficientes para operacionalizar tudo que o negócio necessita imediatamente e no curto prazo. Não tem jeito, a solução que se encontra é a busca investimento externo, seja de bancos privados ou linhas de crédito do governo.

Neste ponto, são necessários alguns cuidados como as taxas de juros deste financiamento. Você não pode se comprometer por algo que sua atividade não será capaz de gerar retorno suficiente para pagar, ou se gerar retorno este não seja suficiente para sobrar para reinvestir na empresa.

Conseguir linhas de crédito com bancos privados é algo bastante difícil, e dependendo da necessidade de capital torna-se mais difícil ainda.

Deve-se levar em conta que os bancos emprestam dinheiro dos depósitos de seus clientes, estes recursos tem data limite para serem devolvidos, isso explica porque as analises que os bancos fazem são tão rigorosas. Eles precisam de garantias que o dinheiro que está financiando ao micro empreendedor será devolvido dentro do estabelecido por contrato. Obviamente, que o banco não quer perder jamais, então os juros são estabelecidos tendo em vista o risco e a desvalorização do dinheiro no tempo.

Se você decidir em buscar o financiamento de um banco privado, estude muito bem as taxas de juros, o prazo de carência e todos os riscos de assumir um compromisso de curto, médio ou longo prazo. Se necessário, consulte um especialista em finanças ou seu próprio contador e peça orientação sobre suas necessidades.

  • Outra alternativa, talvez menos onerosa, seja por busca de financiamento de linhas de crédito do governo. Temos agentes como o Sebrae que presta serviços de orientação para pequenos empresários, que pode ser uma saída para o seu caso.
  • Também temos instituições como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal que operam com ofertas de créditos com linhas especiais para pequenas ou micro empresas, visite uma agência e converse com um gerente.
  • O BNDES é uma alternativa que muitas empresas buscam, através da intermediação de outro banco. No caso a pessoa conversa com seu gerente, descobre se existe convênio da instituição com o BNDES e busca identificar qual o melhor tipo de financiamento para sua empresa.  No BNDES existem várias alternativas, como por exemplo: Cartão BNDES que oferece um crédito rotativo de até R$ 1 milhão de reais, o prazo de pagamento em até 48 meses, com prestações fixas e iguais, a taxa de juros de 1,24 % am. Ainda conta o BNDES Finame que financia máquinas e equipamentos, o BNDES para abertura de empresas, o BNDES automático que é uma modalidade que financia projetos ou a expansão de empresas de diversos setores.

O essencial é a busca de informações e por isso é fundamental que empreendedor esteja preparado.

Devo ou não pegar dinheiro emprestado para financiar minha empresa?

A resposta para essa pergunta é relativa. É necessário uma análise criteriosa de todos os aspectos do projeto, da empresa, do tipo de negócio, etc.

Mas é fundamentalmente necessário a empresa e o empreendedor- empresário estar preparado para assumir todos os riscos que uma operação de financiamento envolve.

Tenha em mente que nenhuma instituição irá aprovar um financiamento se não houver evidências de viabilidade econômica da empresa. Quando falarmos em preparação entenda, a importância de ter o desenho de todo o projeto empresarial, ou o chamado Business Plan.

Somente com o plano de negócios em mãos há a possibilidade de um estudo técnico da viabilidade de uma empresa pelas instituições financeiras. Não quer dizer que haverá a aprovação imediata, mas as possibilidades de obter aprovação aumentam bastante. Além disso, dependendo da modalidade de crédito necessária é preciso que a empresa já esteja constituída e em dia com todas as obrigações fiscais e trabalhistas.

A dica que deixamos é: pesquise e entenda todo o potencial de sua empresa, não se aventure em decisões precipitadas e não fique com dúvidas em relação a todos os riscos que seu negócio possui.

Use cautela e não se comprometa com empréstimos que sua empresa não será capaz de saldar.

Financiamento para abrir uma empresa pode ser uma boa opção desde que todos os cuidados sejam tomados.

Por isso, seja um perito no segmento de seu negócio não hesite em buscar informações de outros especialistas ou instituições.

Créditos da Imagem: Pakorn em FreeDigitalPhotos.net

Pesquisas que levaram a este artigo:

  • como abrir uma empresa para financiamento de maquinas

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *