Por que utilizar softwares financeiros nas empresas?

Lidar com o mercado financeiro requer muitos cuidados e muita atenção, principalmente quando se trata do gerenciamento de empresas, desde pequeno a grande porte. Encontramos no mercado empresas que ainda utilizam planilhas do Excel para controlar todo fluxo financeiro por ser o método mais barato, porém, o que poucas sabem, é que existem ótimos softwares financeiros disponíveis a baixo custo que além de facilitarem o trabalho, são bem mais seguros.

O que são Softwares Financeiros?

Os softwares são programas desenvolvidos para que se possa administrar todo setor financeiro de uma empresa, possui funções ligadas umas as outras, eles permitem controlar receitas e despesas, programação de contas a pagar e receber, previsão de fluxo de caixa, acompanhamento de contas corrente, cartão de crédito, entre várias outras funções essenciais no dia a dia das empresas.

Eles não exigem conhecimento técnico para que se possa manuseá-los, são bem simples de usar, são rápidos e intuitivos, poupam bastante o trabalho de organizar dados em linhas e colunas, como acontece no Excel. A grande maioria das empresas que oferecem estes softwares possuem uma versão trial, possibilitando você de experimentar e aprovar o produto por 30 dias antes de começar a usá-lo oficialmente.

Existem softwares com funções mais avançadas que podem ser usados de acordo com a necessidade da empresa, vale a pena conhecer, pois mesmo que não sejam funções usadas no controle financeiro atual de sua empresa, muitas vezes podem acabar facilitando e melhorando a maneira de administrar os negócios, e o bom resultado será bastante notável no final de cada mês, podendo assim fazer melhores análises para o planejamento dos próximos meses.

Este artigo foi uma colaboração da empresa Cenize, que oferece sistemas de controles financeiros fáceis e completos de operacionalizar. Possibilitando uma excelente organização de todas as finanças de uma empresa, desde  o controle de despesas e receitas até previsões de fluxo de caixa. 

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *