6 atitudes essenciais de como ser um Bom Gerente e conquistar seus objetivos profissionais

Se você deseja crescer profissionalmente e se tornar um exemplo de liderança para seus superiores e para sua equipe, então precisa entender quais as atitudes que o ajudarão nesse processo. Conheça as 6 atitudes essenciais de como ser um bom gerente na sua empresa e conquistar seus objetivos profissionais.

Nas empresas todas as decisões e resultados, sejam eles bons ou ruins, a responsabilidade sempre é atribuída ao líder.

O fato é, que realmente a responsabilidade sempre é de quem está à frente conduzindo a equipe a seguir determinada direção.

Ser um bom gerente não é uma tarefa fácil, exige muita responsabilidade, empenho e autoconhecimento. Um bom gerente, primeiramente, precisa ser capaz de se autogerir.

Se você não for capaz de gerenciar muito bem suas emoções e sentimentos, será muito difícil inspirar, desenvolver, cativar e persuadir pessoas à sua maneira de pensar.

Podendo gerar desconfianças, e o que julgo, ser a pior hipótese, que é tomar decisões erradas que prejudicarão sua empresa no futuro.

Consequentemente, afetando não só a vida dos envolvidos diretamente na organização, como também de toda comunidade em que a empresa está inserida.

Decisões certas ou erradas têm poder de fazer uma empresa crescer ou fechar suas portas.

Por isso separei 6 dicas para você que é um gestor que está começando sua carreira profissional.

Espero que elas possam lhe ajudar a melhorar ou mesmo desenvolver seu estilo de liderança e conquistar crescimento profissional.

6 atitudes essenciais de Como ser um Bom Gerente e conquistar seus objetivos profissionais

  1. Ter autoconhecimento
  2. Ter eficácia
  3. Administrar bem seu tempo
  4. Saber delegar quando necessário
  5. Compartilhar conhecimento
  6. Criar bons relacionamentos

Agora, vamos ver cada uma delas.

Ter autoconhecimento

Gosto de sempre frisar a importância do autoconhecimento. Não que eu seja psicóloga, não, que isso!

 Mas defendo a ideia,  de que só conhecendo a si mesmo seremos capazes de entender as outras pessoas. 

Através do autoconhecimento você consegue identificar como reage as mais diversas situações do seu dia a dia.

Permitindo visualizar com clareza seus valores morais, sociais e éticos, ou seja, você saberá reconhecer o que realmente importa para sua vida dentro da sociedade.

Em resumo, é a base sólida para tomada de decisão segura e efetiva.

Ter eficácia

Eficácia se resume em “fazer as coisas certas”.

Alcançar eficácia significa que o resultado do trabalho foi positivo, porque as metas foram cumpridas nos prazos estipulados e com competência.

Ser eficaz é aquilo que sua empresa mais espera de você. Bons resultados com qualidade, rapidez e com mínimo de falha possível.

Você é capaz de alcançar isso?

Certamente, que sim. Com muito empenho e dedicação você consegue!

Tenha sempre em mente que é uma atitude muito importante, se de fato, você deseja se tornar um ótimo gestor.

Administrar bem seu tempo

Um fator que contribui para o alcance da eficácia é o controle correto do tempo.

Mas ser produtivo exige muita disciplina e resistência.

Atitudes simples como:

  • Controlar o tempo gasto em reuniões e planejar todas as tarefas é o ponto-chave para a correta administração de seu tempo.
  • Organizar as informações previamente, é crucial para perfeita execução das suas atividades.

Seu tempo é seu maior ativo, seja organizado e não permita distrações em suas tarefas. Por isso, programe seu dia a dia, organize suas atividades por ordem de prioridade que possui para empresa.

Tenha uma agenda organizada com todas as suas obrigações e a utilize para lhe orientar, ajudando no melhor controle de seu tempo.

Saber delegar quando necessário

É normal, que quando se assume um cargo de liderança – principalmente, quando é primeiro da carreira profissional, – querer abraçar muitas tarefas.

Dizendo, “sim eu posso”, a tudo que pedirem para você, e, se sobrecarregar com isso, causando muito estresse e; prejudicando a qualidade do desempenho de suas tarefas.

Entenda que é importante saber delegar.

E para delegar, você precisa estar seguro de que está entregando a atividade certa para alguém tão bom ou melhor quanto você para executá-la, porque é essencial terminá-la no prazo.

O diferencial está na maneira a qual você enxerga sua equipe e reconhece os talentos que trabalham com você.

E ainda, ter humildade necessária para admitir que é o conjunto de pessoas com habilidades e competências diferentes que fazem uma empresa bem-sucedida.

Não tenha medo de delegar, você só tem a ganhar com isso.

Mas se você for um gerente, nunca esqueça: a responsabilidade do resultado é sua.

Delegue as tarefas, mas nunca delegue à responsabilidade dos resultados das mesmas.

Compartilhar conhecimento

Acredito de verdade, que o bom líder é aquele que é exímio em transformar seguidores em líderes 

tão bons ou melhores do que ele.

Uma das maneiras que se tem para alcançar isso é por meio do compartilhamento de conhecimento.

Hoje, muito tem se falado em gestão do conhecimento.

Empresas que não compartilham informações, tornam-se empresa estagnadas, sem capacidade de inovar.

Compartilhar conhecimento, significa dar oportunidades para outras pessoas se autodesenvolverem, assumindo responsabilidades que lhes desafiem e as faça crescer como profissionais.

A consequência disso, é que você terá mais tempo para desempenhar outras atividades importantes que não podem ser delegadas, pois são somente de sua responsabilidade.

Além disso, criar um ambiente com liberdade de compartilhar conhecimento, gera uma maior motivação nas pessoas, estimulando a criatividade para o surgimento de boas novas ideias.

Criar bons relacionamentos

Por fim, você não pode deixar de fazer amigos.

Já vi muitos profissionais que quando foram promovidos não souberam lidar com relacionamentos com seus colegas, se afastaram, assumindo um perfil de maior seriedade, porém tornando-se líderes solitários

Às vezes, o que acontece, são as pessoas o julgarem como não merecedor ao cargo, por não entenderem a política organizacional que determinou tal promoção.

Recomendo, que mesmo que você esteja passando por situação semelhante, não se afaste de seus colegas. Tente manter o bom relacionamento.

Convide-os para um happy hour, em um lugar que permita mais descontração.

Converse sobre os assuntos que costumava conversar antes de ser promovido.

Mas cuide para manter a postura que seu novo cargo exige.

 Conclusão

 Acredito que essas sejam atitudes essenciais de como se tornar um bom gerente.

Ter autoconhecimento: lhe permite conhecer seus sentimentos e gerenciar melhor suas atitudes;

Trabalhar com eficácia: permite que seus resultados sejam melhores;

 Saber delegar é a maneira eficiente de se concentrar em outras tarefas importantes;

Compartilhar conhecimento: é uma maneira de contribuir com o progresso das outras pessoas e entender que o conhecimento é fundamental para gerar inovação para empresa e;

Criar bons relacionamentos: é importante para seu desenvolvimento, e permite que não se torne um líder solitário.

Se você incorporar essas dicas como parte de seu dia a dia, certamente garantirá que se desempenho seja crescente, contribuindo para alcançar seus objetivos.

Claro que para exercer liderança muitos outros atributos são necessários. Mas isso é assunto para outro artigo.

Se você chegou até aqui, muito obrigada!

Espero ter ajudado!

Agora só te peço um favor, compartilhe esse artigo com pessoas que você acredita que ele pode ajudar!

Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *