O que você tem a ver com o Meio Ambiente?

O que você tem a ver com o Meio Ambiente?

Tudo. Exatamente tudo. Todas as ações de proteção do Planeta, as condições em que vivemos, os alimentos, a água, o ar que respiramos, as roupas e os calçados que utilizamos, as árvores, os pássaros e as flores que enchem nossos corações de alegrias e nos ajudam a enfrentar – e vencer – as nossas dificuldades, são resultados das nossas atitudes em relação ao ambiente em que vivemos.

A poluição dos veículos automotores, o lixo se depositando nas esquinas, os miseráveis que vivem nas ruas e até a agressividade dos malfeitores que nos atacam e nos roubam são alguns dos problemas intimamente relacionados com a forma como encaramos o espaço que ocupamos na Terra. E como tratamos todas as coisas que estão fora do nosso corpo, ao alcance de nossas mãos…

O que forma a sujeira que está nas ruas…

É preciso pensar, sim, na nossa responsabilidade pessoal e coletiva. O conjunto das nossas ações pessoais (o ‘pequeno’ lixo que jogamos em qualquer lugar que não seja a lixeira; ou que não guardamos até encontrarmos um recipiente adequado) é que forma a sujeira que está nas ruas por onde passamos, onde vivemos!

Gente: somos nós mesmos que fazemos o bom e o mau ambiente em que vivemos. Não é só o outro, o desconhecido que passa por nós sem nos olhar, sem ver como estamos poluindo, o que estamos – e o que estão – depredando, desfigurando, arruinando.

O ciclo fantástico que alimenta nossas vidas…

As florestas da Amazônia recebem umidade dos oceanos, processam através das árvores esta umidade e transferem-na, com os ventos, para o Cerrado e para a Mata Atlântica, a nossa casa, para onde moramos, criando as chuvas, que alimentam a nossa vida, através dos rios que correm para os oceanos. É um ciclo fantástico que depende do que fazemos com o que fazemos com os rios que vivem entre nós…

Quando os gananciosos, os especuladores sem consciência, sem responsabilidade – os verdadeiros ‘selvagens’ – avançam, ilegalmente, sobre as áreas de preservação das florestas amazônica e mata atlântica – para colocar bois, soja, milho, algodão, cacau, escavadeiras em busca de minerais, derrubando  e queimando, de forma irracional e selvagem, as árvores nativas que produzem, naturalmente, sem exigir nada em troca, castanhas, borracha, frutas, plantas medicinais e madeiras preciosas, que asseguram proteção aos pequenos animais e às últimas famílias indígenas sobreviventes – matam a vida de gente como você e eu, que vivemos nas cidades, longe de seus olhos frios e desumanos…

Todo dia é Dia do Ambiente – dia das nossas vidas…

Escrevi este primeiro texto sobre Meio Ambiente – voltado especialmente para empreendedores urbanos, para quem não é agricultor, pecuarista, madeireiro, minerador – no Dia Mundial do Meio Ambiente de 2020. Penso em propor que consideremos todos os dias como Dia do Meio Ambiente. Porque vivemos, todos os dias, no ambiente que fazemos. Daqui a um ano – no próximo 5 de Junho – haverá uma carga ainda maior de anotações que precisam ser lembradas. Renato Moreira webradiotv@gmail.com

 

Baixe Gratuitamente o E-book Guia da Transformação Vencedora

Baixe Gratuitamente o E-book Guia da Transformação Vencedora

18 Atitudes Para Alcançar Qualquer Objetivo

Não enviamos spam!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.