É possível superar os desafios e começar a empreender?

Superar os desafios e começar a empreender não é algo fácil, principalmente, diante de um cenário tão perturbador e incerto em que vivemos.

Tivemos mais de 600 mil empresas fechadas devido ao isolamento social e as medidas protetivas impostas pelos governantes, que privaram as operações mercantis de diversos segmentos.

Com as margens de faturamento zeradas não houve alternativa, senão, fechar as portas. Resultando em um aumento do número de desempregados, que não estava baixo, hoje superando a casa dos 13 milhões.

O que justifica o grande número de microempreendedores individuais. Segundo dados consultados no Portal do Simples Nacional, o acumulado de registros na categoria Mei, de março a agosto de 2020, aumentou quase 30%, em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Lembrando as famosas frases: “que brasileiro não desiste nunca’’ e “para tudo dá-se um jeito”, o famoso ‘jeitinho brasileiro’, vemos o crescimento do empreendedorismo por necessidade, -eu chamo isso, de empreendedorismo de urgência mesmo.

Pois na minha opinião, alguns se inscreveram na tentativa de receber o benefício assistencial do governo, mesmo sendo divulgado quais os perfis que seriam contemplados pelo auxílio, muitos foram na esperança e o pensamento de “quem sabe não recebo”.

Mas com certeza, a grande maioria vai perseverar e, é preciso ter muita garra e força de vontade para permanecer e fazer sua empresa superar e crescer durante a crise e, principalmente, após a crise.

Não sabemos quando voltaremos a ter as condições de antes da crise, mas temos certeza de que cada vez mais, novas Meis irão surgir, principalmente, agora com a dispensa de Alvará Funcionamento.

A Soberania das Redes Sociais e do Marketing Digital

Com mais pessoas empreendendo, tornou-se primordial fazer uso muito mais constante das redes sociais. E o marketing digital caiu nas graças de todo mundo.

Com mais tempo livre, as pessoas passaram a gastar mais seu tempo na internet, o que estimulou muitos profissionais, empreendedores e empresas a estar presente na internet também.

Nunca na história, a atenção das pessoas foi tão disputada. Se você entrar no instagram em qualquer hora do dia, certamente, alguma live estará acontecendo, quando não, diversas ao mesmo tempo.

Estamos aprendendo, a conviver em um ‘novo mundo’, aonde, percebemos que mesmo sem sair de casa, podemos ver e falar com qualquer pessoa ou diversas pessoas, a todo e qualquer momento.

Empreendedores, deixaram de vez o anonimato e, lutam a cada dia para vender e continuar batalhando para manter os seus negócios ativos.

E a percepção que eu tenho, é que quem aproveitou este momento para se divulgar, vai colher (se já não está colhendo) ótimos frutos depois que esta crise passar.

Isso porque terão construído um brand management muito forte na cabeça de seus clientes.

Como começar a me divulgar diante de tantos que já começaram?

A resposta dessa pergunta é somente uma: começando.

Tenha em mente que, não importa o que você for empreender, seja por exemplo: vender brigadeiros ou mesmo atender clientes (hoje uma possibilidade graças aos serviços de webconferência), você não será o único ou única.

Mas a boa notícia, é que você pode começar a qualquer instante.

Se sua dúvida for como fazer, comece criando uma conta no Instagram com um perfil comercial, por exemplo, e coloque em sua bio o serviço que oferece.

Se seu trabalho for artesanal, poste fotos dos seus trabalhos com pequenas legendas.

Siga pessoas conhecidas e peça para te seguirem.

Aos poucos você começará a entender como a rede funciona e, terá mais curiosidade para descobrir e testar os diversos recursos disponíveis.

Embora o Instagram não seja a rede apropriada para todos os segmentos de negócios, ainda é a rede social em maior crescimento, se você não está no Instagram, pode estar perdendo oportunidades.

Quero empreender mais não sei em que começar?

Outra dificuldade que muitas pessoas estão enfrentando é decidir em que começar a empreender.

Ouvimos muito por aí, que podemos vender nossos conhecimentos na internet, como se isso fosse fácil, muitas vezes, isso me causa uma impressão de pouco profissionalismo.

Por certo, que podemos e devemos oferecer nossos serviços/conhecimentos e em contra partida receber monetariamente por isso, afinal, estamos diante de um mercado capitalista.

Mas, é preciso ter cuidado, para escolher bem o que for oferecer, principalmente, avaliar se tem o conhecimento necessário.

Muitas pessoas, são influenciadas com campanhas de marketing muito persuasivos e ‘apelativos’, que vende a ideia de que comprando determinado curso ou fazendo o que te indicam, será capaz de ganhar muito dinheiro.

Não se trata de ser mentira, mas existe muitas outras questões que devem ser levadas em conta na hora de decidir a área que for atuar.

Questões como:

– Por que oferecer o seu serviço?

– A quem oferecer o seu serviço?

– Que preço a cobrar?

– As pessoas comprariam o que está disposto a oferecer?

– Por que comprariam de você?

– Você tem condições de entregar a promessa e com qualidade?

– Existe propósito pessoal na escolha do serviço que irá disponibilizar no mercado?

As questões acima são muito importantes, quando você for iniciar a organização de seu lançamento.

Entender como o mercado funciona, quem são os principais concorrentes e se a sua ideia tem viabilidade é fundamental para dar o start.

Aqui no site, nós disponibilizamos para baixar gratuitamente uma planilha de análise 360 (você pode baixar aqui).

Análise 360 de ideia de negócios é uma ferramenta auxiliar do planejamento estratégico para definir ou não a viabilidade de um negócio. Não deixe de usá-la.

Leia também: Como Vencer o Medo de Empreender e Começar seu Negócio

Superar os desafios e começar a empreender: como driblar as dificuldades e criar o meu negócio?

Para fazer isso, é preciso entender que desafios te impedem de começar.

  • É falta de dinheiro?

Se você está com suas finanças desorganizadas, a primeira coisa a ser feita, é se organizar. Sente-se e comece a anotar todos os gastos, dívidas e receitas.  E veja, o que dá para cortar de seu orçamento, o que dá para ser economizado e investir no seu negócio.

Começar um empreendimento com dívidas é muito complicado. Pois uma empresa, precisa ser bem gerida, e um empreendedor com dívidas não terá cabeça para resolver problemas e criatividade para elaborar soluções.

A dica é resolva-se financeiramente, e depois comece seu projeto.

  • Muitas ideias e alternativas?

Outro problema que tenho reparado em muitas pessoas é o desejo de empreender, mas a indecisão em que começar. Algumas até já possuem emprego, e sentem medo de perder o seu salário e assumir o risco de começar um negócio. Já outras, o problema é em que começar, estas últimas, tem a seguinte dúvida: eu sei um monte de coisa, o que posso oferecer?

A resposta é que depende!

Contudo, é preciso deixar claro, que empreender envolve riscos. Estar preparado para o imprevisto e ter resiliência aliado a disciplina para tocar um negócio faz parte do perfil básico de um empreendedor.

Também é necessário, avaliar seu propósito e descobrir aquilo que você ama fazer, que faria durante horas a fio. Descobrindo isso, provavelmente, esteja aí sua ideia de negócio.

O mais importante é que depois de feita a escolha, mantenha-se o FOCO.

Mas não desanime, é normal haver dúvidas, sobretudo, com o bombardeio de ideias e informações que ingerimos diariamente nas redes sociais.

Mas lembre-se da máxima, ‘nem tudo que reluz é ouro’.

100% do marketing na internet é feito para te seduzir e criar uma expectativa apaixonante.

O marketing foi criado também para isso. Mas existe muita falsa promessa e muita mentira. Tome cuidado!

Siga pessoas relacionadas influentes, seja mais crítico na próxima vez que ver uma propaganda na sua timeline.

  • Seja você não importa o que dirão

É essencial que você seja autêntico com você mesmo. Conheça seu perfil profissional.

Jamais faça nada que te deixe desconfortável. Não importa o que os outros digam ou pensam.

A sua verdade tem que ser suficientemente forte para você prosseguir.

Conclusão

Para superar os desafios e começar a empreender é preciso se entender e, ter bem claro quais são os desafios.

Isso o ajudará a assumir o comprometimento de seguir apesar das dificuldades, pois você terá um objetivo definido.

Se você quiser aprender a empreender ou validar sua ideia de negócio, entre em contato comigo.

Compartilhe esse texto para ajudar outras pessoas que estão querendo começar a empreender e não sabem como!

 

Sobre a Autora

Elisângela OliveiraElisângela Oliveira, é contadora e trabalha com consultoria empresarial, assessoria em serviços de Assistente Virtual, e BPO Financeiro. É editora do Atitude e Negócios, onde ajuda diversos empreendedores de várias partes do mundo. “Minha missão é ajudar empreendedores a terem mais atitude em seus negócios e alcançar seus objetivos.”

Tags: | |

Baixe Gratuitamente o E-book Guia da Transformação Vencedora

Baixe Gratuitamente o E-book Guia da Transformação Vencedora

18 Atitudes Para Alcançar Qualquer Objetivo

Não enviamos spam!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.