E-commerce: Tipos de Fraudes, como se Proteger e Controlar o Chargeback na sua Loja Virtual

Tipos de Fraudes, como se Proteger e Controlar o Chargeback em sua Loja Virtual

A Pandemia da Covid-19, reduziu o consumo de forma generalizada. O varejo foi o setor mais atingido. Dados do IBGE, apontaram queda de 16,8% nas vendas de abril em comparação a março deste ano, já considerada a maior queda do setor em vinte anos.

Diante deste quadro fatídico e inusitado, muitas empresas tiveram que agir rapidamente, criando formas de manter suas vendas, seja pela implantação/ampliação de serviços via delivery ou disponibilizando a ferramenta WhatsApp como alternativa para atender seus clientes e não zerar seu volume de vendas.

Uma parcela significativa de empresas e empreendedores, estão buscando adequar seu modelo de negócio para o digital, como por exemplo, optando por plataformas de e-commerce para montarem suas lojas virtuais.

O segmento de e-commerce que já apresentava índice de crescimento, mesmo antes dos impactos provocados pelo Coronavírus, registrou um aumento de 81% em abril em comparação ao mesmo período do ano anterior, totalizando 3,4 bilhões de faturamento, de acordo com a Plataforma Compre & Confie. 

Entretanto, as exigências impostas pela  Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), ainda é algo que as empresas não estão preparadas para pôr em prática. Uma questão de muita importância, uma vez que, os consumidores estão cada vez mais se familiarizando com a tecnologia. Aqueles que já tiveram êxito em experiências de compras on line não têm mais tanto desejo de voltarem ao modelo tradicional.

Fabiane Heirich Procob Poa“Prático, barato e entregam em casa. Uma praticidade com a escolha de um clique.”

É o que afirma, a Fabiane Heinrich, diretora da franquia Procob de Porto Alegre.

A Procob é uma empresa que atua no desenvolvimento de sistemas de informações de pessoas físicas e jurídicas de todos os segmentos no Brasil.

Hoje, é o mais completo sistema para subsidiar as decisões empresariais sobre operações comerciais, bancárias e do e-commerce, transformando dados em soluções para nossos clientes. Oferecemos soluções para as áreas de Consultas Cadastrais, Proteção contra Fraudes Online e Presencial, Informações para Recuperação de Créditos, Negativação na Serasa Experian, Consultas de veículos e Serviços Cartoriais, tendo como diferenciais a facilidade de uso e alta disponibilidade de nossos sistemas. Atuamos em diversos segmentos do mercado como: Comércio, E-commerce, Indústria, ramo Jurídico e Imobiliário contribuindo para uma relação ponderada entre consumidores e empresas.

Leia também: Vantagens de Desvantagens de criar um e-commerce

Se por um lado, temos uma crescente demanda de empresas de vendas digitais, por outro, temos também muitas fraudes que ocorrem, principalmente, por falta de conhecimento das empresas em implantarem sistemas de proteção antifraude.

O que é uma fraude e quais os tipos de fraudes mais recorrentes?

Uma fraude acontece quando uma pessoa tem seus dados clonados e utilizados para compras em seu nome. Trata-se de um roubo de identidade, que traz uma série de prejuízos e transtornos para a vítima da fraude.

É importante frisar que não é somente a pessoa física que está sujeita a fraude, também operadoras de cartão de crédito, comerciantes, bancos etc.

Com a crescente utilização de cartões de crédito como meio de pagamento para operações de compras on line, consequentemente, houve um aumento no número de fraude. Muitos fraudadores aproveitam-se das brechas e da falta de sistemas antifraude das empresas, para roubar informações e aplicar seus golpes, prejudicando empresas e usuários no ambiente da Web.

Existe diversas categorias de fraudes. Se tratando do comércio eletrônico as mais comuns são:

Fraude Efetiva: este é o tipo de fraude clássica, aplicada através do roubo dos dados pessoais, como: data de nascimento, RG, CPF, número do cartão de crédito e conta corrente, a seguir os falsificadores utilizam para operações ilícitas para benefícios econômicos próprios.

Phishing: é um método fraudulento, em que criminosos utilizam para roubar dados pessoais, bancários, senhas entre outros. Podendo-se utilizar de e-mails, sms, aplicativos, sites, etc. Se passando por uma empresa confiável conseguem atrair as vítimas e coletarem suas informações confidenciais e assim, praticarem seus golpes.

É comum o envio de e-mails.

Muitos casos, basta abrir o e-mail para cair no golpe, em outros, há uma mensagem persuasiva e um link que quando clicado deixa seu computador vulnerável, permitindo que hackers visualizem suas informações. Existe também, tipos de phishing, onde os falsários, copiam totalmente o layout de um site, e conseguem enganar os usuários, para assim coletar suas informações pessoais. Acontece por exemplo, em sites de bancos.

A melhor alternativa para evitar esse tipo de fraude é sempre prestar atenção ao link que aparece na barra de endereço de seu navegador, na menor desconfiança, é melhor não clicar em nada.

Auto fraude: ocorre quando o próprio titular de um cartão efetua uma compra, contudo, resolve de má fé não reconhecer o ato, solicitando o estorno da compra.

Muitas pessoas que recorrem ao recurso de estorno, entram em contato diretamente com a empresa emissora de seu cartão, sem antes, fazer uma reclamação efetiva com a empresa onde realizou a compra. Prejudicando o comerciante, que de mãos atadas, tem que arcar com o prejuízo de uma saída de estoque sem o efetivo recebimento.

Uma forma de se proteger é criar um sistema de rastreio de mercadoria e uma comunicação amigável e transparente com seu consumidor.

Outra maneira, é o envio de e-mail com confirmação de entrega e informações sobre a política trocas e devolução. Além, de solicitar assinatura do cliente no momento do recebimento da mercadoria.

Fraude Amiga: muito comum acontecer quando os pais deixam seus filhos com seus aparelhos celulares. As crianças, acabam utilizando para compra de jogos ou de itens diversos, uma vez que, a maioria dos aparelhos contém os dados de pagamentos e senhas salvos.

Este tipo de fraude, não acontece intencionalmente, mas principalmente, por negligência e mal uso de seus dados de pagamentos em mãos de terceiros. Que quando chega a fatura, o titular não reconhecendo a compra solicita o estorno.

O que é, e quando acontece o Chargeback?

O chargeback ocorre quando o titular de um cartão não reconhecendo a compra entra em contato com a administradora de cartões e solicita o estorno.

Foi criado para proteger o consumidor em compras feitas em plataformas de e-commerce.

Vale lembrar, que não são apenas em caso de fraudes que se entra com pedido de chargeback. Ele pode acontecer em casos, como:

  • Erros no valor cobrado pelo lojista
  • Erros no processamento do banco
  • Não recebimento da mercadoria ou recebimento incorreto, com defeitos, por exemplo.

O maior prejudicado com o chargeback é o lojista, uma vez que, conforme já mencionado, entrega a mercadoria e fica sem receber a receita da venda.

É muito importante, criar meios transparentes e seguros para oferecer aos seus compradores.

Ter em mãos uma solução antifraude, como oferece a empresa Procob, pode evitar muito os índices de chargeback em seu e-commerce, aumentando a taxa de conversão.

Este sistema desenvolvido pela Procob, oferece diversas informações para validar as suas vendas, como nome impresso no cartão de crédito, vínculos do titular do cartão com o cadastro na loja virtual e dados de relacionamento com o mercado.

E você, como tem protegido as compras de seu e-commerce?

Deixe suas dúvidas nos comentários.

 

 

 

Sobre a autora
Elisangela Oliveira - A e N

Elisângela Oliveira, é contadora por formação. Trabalha com consultoria empresarial, assessoria em serviços de Assistente Virtual, e BPO Financeiro. É também, editora do Atitude e Negócios. “Minha missão é ajudar empreendedores a terem mais atitude em seus negócios e alcançar seus objetivos.”

 

Baixe Gratuitamente o E-book Guia da Transformação Vencedora

Baixe Gratuitamente o E-book Guia da Transformação Vencedora

18 Atitudes Para Alcançar Qualquer Objetivo

Não enviamos spam!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.